fbpx Atendimento via Whatsapp

Blog

7 líderes que mudaram de carreira com sucesso

Postado por:

Mudar de profissão é sempre um desafio! Desse modo, não são raras as histórias de líderes que mudaram de carreira e se encontraram na nova vida. Algumas pessoas já sabem, desde crianças, a profissão que gostariam de seguir, muitas acabam seguindo uma tradição de família e outras levam mais tempo para encontrar a carreira ideal.

Nesse sentido, não importa a forma nem o tempo que levou para chegar onde chegou, mesmo pessoas que são profissionalmente bem-sucedidas podem não estar felizes com suas carreiras. Assim sendo, se está insatisfeito com a área em que trabalha atualmente e tem pensado em mudar de carreira, saiba que isso não acontece só com você!

Por isso, neste post, vamos apresentar sete histórias de líderes que mudaram de carreira de forma bem-sucedida, a fim de inspirá-lo. São pessoas que deixaram bons empregos para correr atrás de seus sonhos. Vamos às histórias?

1. Manuela Vilella

Manuela Vilella é do Rio de Janeiro, filha de dentista e começou sua carreira seguindo nessa profissão. Com 4 anos de formada, ela já era uma dentista bem-sucedida trabalhando na Marinha. Apesar de ganhar bem e ter chegado ao topo, em uma conversa com sua mãe, percebeu que não era feliz e que algo precisaria ser feito.

Com o casamento, mudou-se para São Paulo e aproveitou a oportunidade da mudança de cidade para mudar também sua carreira. Conversando com amigos, começou a enxergar novas possibilidades. Assim sendo, resolveu se enveredar pela área da Publicidade.

O período de transição foi marcado por medos e incertezas. Várias vezes ela se sentiu jogando vários anos de estudo e toda uma carreira promissora por água abaixo. Mas teve força e determinação para superar todos os desafios!

Atualmente, é gerente de parcerias no YouTube e está muito mais feliz! O conselho que ela dá para quem pretende fazer uma mudança como a dela é ter, além de foco, de determinação e de maturidade, um bom planejamento financeiro e resiliência durante o processo.

2. Claudia Sender

Claudia Sender é formada em Engenharia Química e começou sua carreira como estagiária na consultoria Brains & Company, na qual ficou por 7 anos. Fez um MBA em Harvard, nos Estados Unidos, e trabalhou por outros 7 anos na Whirpool Latin America, que é a empresa dona das marcas Consul e Brastemp.

Mesmo com toda essa experiência, decidiu mudar até que, em 2011, assumiu como vice-presidente comercial de marketing da TAM. Um ano após a fusão entre a TAM e a LAN, Claudia assumiu como presidente da companhia aérea, que hoje é a maior da América Latina.

3. Jeff Bezos

Jeff Bezos se formou em Engenharia Elétrica e Ciência da Computação em Princeton, uma das mais renomadas universidades norte-americanas. Depois de trabalhar em Wall Street e na Banker Trust, ele resolveu fazer uma viagem de carro atravessando o país, partindo de New York até Seatle.

Durante essa viagem, desenhou o plano de negócios da Amazon.com que, na época, parecia uma ideia absurda. No entanto, hoje em dia, a gigante do comércio eletrônico é uma empresa bilionária que trouxe inovação e mudou o mercado.

 

 

4. Thais Perez

Thais Perez se formou em Publicidade, trabalhou para grandes marcas como Rebook, Microsoft, Fox e Yahoo!, e por mais de 10 anos se manteve no mundo corporativo.

No entanto, eventualmente, acabou achando esse ambiente muito frio e sem propósito, com jornadas cansativas e sem benefícios satisfatórios. Foi então que descobriu a Equoterapia.

Seu grande desafio foi migrar para uma área completamente diferente da sua, na qual não tinha quase nenhum conhecimento. Por isso, ela fez cursos e trabalhou como voluntária para conhecer melhor a rotina da profissão.

Depois de bastante planejamento e estudo, ela montou sua própria estância no interior de São Paulo. Atualmente, oferece métodos terapêuticos e educacionais sobre cavalos com foco em crianças especiais.

5. Jorge Bassalo

Após mais de 25 anos atuando na área da Tecnologia da Informação, Jorge Bassalo fez uma pós-graduação em Comportamento Organizacional e se encontrou na área de Ciências Humanas.

Na época em que tomou sua decisão, sua maior dificuldade foi sair da área de Exatas por causa de seu cargo e de suas responsabilidades. Ele precisou de um período de 2 anos para concluir sua saída da antiga empresa.

Outro desafio foi ter que replanejar suas finanças para conseguir se sustentar até que a nova carreira se estabilizasse. Um ponto que ele destaca como importante nessa transição é fazer alianças (e não passar por tudo sozinho). Além disso, ele sabia bem o que queria e teve foco.

6. Juliane Marinho

Depois de atuar por 18 anos como advogada, chegando a ocupar cargos de diretoria na Odebrecht, Juliane Marinho pediu demissão e passou pelo período de 1 ano de descanso.

Ela se sentia insatisfeita em sua carreira, mas não sabia que rumo tomar. Depois de se envolver em diversas atividades ambientais e sociais, descobriu que tinha vocação para o universo das artes!

No início, ela teve dificuldades em traduzir sua ideia para as pessoas e “vender o seu peixe”, mas com coragem e firmeza montou o espaço colaborativo Petalusa.

Assim sendo, o espaço abriga cursos, workshops e eventos diversos, todos ligados às artes. Hoje em dia, além da administração do espaço, ela ainda ajuda outras pessoas que pretendem mudar suas carreiras.

7. Marcos Amaro

Marcos Amaro é filho do fundador da TAM, o comandante Rolim Amaro, e começou como trainee nessa empresa. Depois de algum tempo, se tornou sócio das Óticas Carol e ajudou a rede a se tornar uma das maiores do Brasil no setor.

Sempre gostou de desenhar, mas nunca tinha encarado isso como uma possível profissão. Teve que vencer suas resistências internas e ganhar coragem para abrir mão de seu sucesso com a rede de óticas.

Além disso, precisou de muita persistência, de determinação e de organização. Ele conta que teve que suportar o julgamento alheio e ser firme na defesa de sua autenticidade.

Como vimos, o sucesso profissional nem sempre significa um bom cargo com um bom salário. A satisfação na carreira vai muito além disso! No fim das contas, é muito mais gratificante trabalhar com aquilo que vai ao encontro dos seus valores e propósitos.

Então, gostou deste post sobre líderes que mudaram de carreira? Aproveite e siga-nos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn, no Twitter ou no Google+ e fique por dentro de todas as nossas novidades!

0
/*maps*/