Blog

Bill Gates, uma trajetória inspiradora

Postado por:

Bill Gates — o cérebro por trás da gigante Microsoft — é um exemplo de inteligência e dedicação. No post de hoje, o grande protagonista é, sem dúvida, uma das mentes mais brilhantes dos últimos tempos.

Tanto os empreendedores iniciantes quanto aqueles mais experientes hão de concordar em um ponto: inspiração nunca é demais. Para conferir nova energia à gestão e para estimular reflexões sobre o negócio, as histórias inspiradoras despontam como um excelente combustível.

Saiba um pouco mais sobre a história, as conquistas e as lições que Bill Gates pode ensinar aos empreendedores. Boa leitura e bom aprendizado!

A infância e a juventude de Bill Gates

William Henry Gates III veio ao mundo em 1955, em Seattle. Filho de Mary Maxwell Gates, professora formada pela Universidade de Washington, e de Willian Gates, graduado na mesma Universidade e um dos mais destacados advogados em sua região, Bill Gates também sempre demonstrou afinidade com a tecnologia.

Aos 16 anos, já desenvolvia softwares básicos para máquinas de fliperama. Aos 17, em parceria com Paul Allen, um grande amigo e futuro sócio, desenvolveu um software para leitura de fitas magnéticas, com informações e tráfego de veículos.

Bill Gates, além disso, se destacava na escola. Em idade de cursar o ensino superior, Gates prestou o SAT — espécie de vestibular norte-americano — e, dos 1.600 pontos possíveis, marcou 1.560. Chegou a começar os cursos de Matemática e Direito, mas os abandonou no terceiro ano.

Da garagem ao topo, nasce a Microsoft

Abandonar Harvard permitiu que Gates se lançasse, na companhia de Allen, em uma empreitada ainda mais desafiadora: nascia a Microsoft — uma das primeiras empresas a se dedicar aos programas para computadores pessoais (PCs) — que, na época, apenas começavam a ser vendidos.

O ano era 1975, e Bill tinha apenas 19 anos. O primeiro produto da Microsoft chama-se Altair BASIC e foi desenvolvido para o MITS Altair. O Windows, que hoje domina 90% dos sistemas operacionais em PCs, só foi comercializado em 1985 e significou uma completa quebra de paradigmas no mercado. E, claro, uma grande guinada na empresa.

O sucesso foi retumbante, e o faturamento da Microsoft endossou a riqueza de Bill Gates. Entre 1995 e 2007, ele liderou sem interrupções a lista das pessoas mais ricas do planeta, publicada anualmente pela Forbes.

As lições de sucesso de Bill Gates

Além de um exímio empreendedor, altamente visionário e pronto para enfrentar os desafios do mercado, Bill Gates também se destaca pela filantropia. A Fundação Bill e Melinda Gates, que ele mantém com a esposa, já recebeu aporte de 28 bilhões de dólares desde o início de suas atividades.

O sucesso do empresário, ao contrário do que possa parecer, não aconteceu da noite para o dia e nem se amparou apenas na sorte. Por mais que o contexto possa ter alavancado os resultados de Gates, muito foco e dedicação precederam suas conquistas.

De acordo com suas próprias palavras, “o sucesso é um professor perverso. Ele seduz as pessoas inteligentes e as faz pensar que jamais vão cair”. Convém, portanto, manter a ética nas negociações e relacionamentos, permitindo que a empresa alce voos cada vez mais altos.

A mensagem, enfim, é clara: a trajetória de Bill Gates faz parte das histórias inspiradoras que podem render insights para potencializar o desempenho do seu próprio negócio.

O conteúdo despertou seu interesse e o motivou a buscar novos caminhos para o seu negócio? Ótimo! Aproveite, ainda, para deixar seu comentário e compartilhar conosco quais são suas ambições (e quais serão os próximos desafios da sua empresa). Sucesso e até a próxima!

0
/*maps*/