fbpx Atendimento via Whatsapp

Blog

Como garantir que o time da sua franquia adquira e transmita os valores da empresa?

Postado por:

Encontrar a sua essência para se diferenciar no mercado. Hoje, muito mais do que bons produtos e serviços, é preciso oferecer aos clientes uma experiência marcante, o que só é possível quando os colaboradores possuem crenças fortes, regidas por valores éticos e morais bem definidos. Sim, estamos falando da cultura da empresa, que ajuda na construção da personalidade da sua marca.

É por meio dela que a equipe da sua franquia consegue transmitir os valores da organização não só ao público interno, mas também ao externo. Confira, nos tópicos a seguir, como garantir a eficácia da implementação dessa estratégia!

O que é cultura da empresa?

Missão, visão e valores formam a cultura da empresa. Ela é um conjunto de hábitos e valores compartilhados e que ajudam na construção da essência da organização e a estabelecer regras a serem seguidas para que os objetivos corporativos sejam alcançados.

Todos os envolvidos em uma empresa, desde os estagiários até diretores, precisam realizar o seu trabalho de acordo com esse código cultural. Afinal, a ideia é promover o crescimento do negócio.

Resumidamente, podemos definir que a cultura é o DNA e dita as condutas dos profissionais atuantes, influenciando as equipes de trabalho para que elas fluam na mesma direção. E é justamente esse DNA que identificará o negócio em cada ação que ele tomar, tornando a definição desse código algo primordial para quem almeja se destacar no mercado.

Qual a importância da cultura organizacional?

A cultura organizacional é fundamental, pois ajuda na construção do posicionamento da empresa no mercado. Mas não é só isso. A partir do momento em que essa cultura se torna forte e é consolidada, é possível alinhar os colaboradores aos objetivos preestabelecidos, criando sentimento de pertencimento na equipe.

Consequentemente, a empresa conquista maior engajamento dos profissionais, eleva os níveis de produtividade e de inovação, além de manter os talentos. Isso é fundamental para crescer de maneira sustentável e para estabelecer altos níveis de qualidade no fornecimento de seus produtos e/ou serviços para os clientes.

Como defini-la?

Para definir a cultura organizacional da franquia, o primeiro passo é analisar como o trabalho é feito e compará-lo com que é realizado pela matriz. Esse trabalho é essencial, pois quando se tem uma unidade franqueada, alguns padrões já vêm preestabelecidos pela franqueadora e devem ser seguidos para manter a identidade da marca.

Depois, faça uma análise das características da empresa, desde a qualidade, os preços até a maneira como é feito o atendimento ao público. Após esse trabalho, realize uma pesquisa sobre as competências dos colaboradores que atuam no local, levando em consideração as habilidades, mas também o comportamento diante de situações distintas. Isso ajudará a entender o modo de pensar e de agir deles, avaliando se condizem com o que a franquia prega.

Ao analisar as características da empresa e confrontar as informações com o que os colaboradores fazem, você terá em mãos a cultura da franquia. Se ela não estiver alinhada à proposta que tem em mente, é preciso estabelecer um processo de definição dela.

Para isso, é importante ter a missão, a visão e os valores que nortearão os colaboradores e comunicá-los a eles, a fim de disseminar os hábitos e as práticas consideradas positivas para a manutenção da franquia.

Como transmitir os valores da cultura da empresa aos colaboradores?

Como mencionamos, é essencial disseminar a cultura da empresa aos profissionais que atuam nela. Vamos ensinar você a fazer isso.

Use a comunicação

Os comunicados sobre as mudanças na cultura devem ser justificáveis e repassados por meio de uma mensagem consistente aos colaboradores. Se possível, faça uma reunião com toda a equipe, sem formalidades, para expor melhor o assunto.

Além disso, utilize canais como redes sociais internas e até comunicados em murais. Esses materiais precisam ser atrativos para que os funcionários se sintam impelidos a lê-los e, assim, introduzir os hábitos no seu cotidiano.

Eduque pelo exemplo

Os profissionais devem receber coordenadas sobre como devem agir daqui para frente, levando em consideração o crescimento da franquia, bem como os seus valores éticos e morais.

Por isso, os gestores e líderes devem dar o exemplo. Ou seja, eles precisam agir de acordo com a cultura organizacional, a fim de alinhar a equipe para que ela siga pelo mesmo caminho. Educar as pessoas pela conduta ainda é a melhor maneira de transmitir a cultura.

Ofereça treinamento

Treinamentos, reuniões e até o coaching contribuem para o fortalecimento da cultura, tornando-a mais significativa. Aliás, esse processo de desenvolver a equipe é essencial, pois o hábito só será assimilado com o tempo.

Se for preciso recrutar novos profissionais, procure contratar com base na cultura. Ou seja, não foque apenas nas habilidades técnicas do profissional: analise os seus valores enquanto indivíduo e veja se eles estão alinhados com o que a empresa está construindo.

Defina métricas

A cultura organizacional precisa ser vivenciada diariamente pelos profissionais que atuam na franquia. Por isso, estabeleça métricas para medir o desenvolvimento dos colaboradores de acordo com a cultura. Procure oferecer feedbacks, quando necessário, para alinhar melhor a atuação dos profissionais.

Quais os benefícios de ter uma cultura organizacional bem enraizada na equipe da franquia?

Falamos sobre o engajamento que uma cultura organizacional cria nos funcionários de uma franquia. Mas os benefícios vão muito além, como mostraremos a seguir!

Maior produtividade

Quando a equipe toda está alinhada segundo hábitos e práticas a serem seguidos, o aumento da produtividade é uma consequência. O grupo não só passa a produzir mais, como também melhora a qualidade do que é entregue ao cliente.

Aumento da lucratividade

Se a qualidade dos produtos e dos serviços oferecidos ao cliente é maior, consequentemente, a franquia consegue aumentar a sua lucratividade. Mas o faturamento crescente também é oriundo da redução de custos. Isso porque a equipe consegue padronizar processos e diminuir os retrabalhos.

Fortalecimento da imagem da franquia

Uma franquia já consolidada tem uma imagem a zelar. Por isso, ela geralmente tem uma cultura organizacional forte. Se você tem uma unidade franqueadora, precisará seguir algumas regras, mas também poderá estabelecer as suas. Por isso, nesse momento, busque fortalecer a imagem da franquia para criar confiança do mercado no qual está inserido.

Diferentemente de metas e de outros aspectos que envolvem o gerenciamento da empresa, a cultura da empresa tem a sua própria maneira de ser controlada. É por meio de ações e de vivência diária que a cultura é desenvolvida e cultivada em meio às equipes. Quando esse trabalho flui, os funcionários passam a se comportar de maneira alinhada aos valores da franquia, fazendo com que ela colha bons frutos.

E então, gostou do nosso artigo? Que tal continuar recebendo conteúdos como este, diretamente no seu e-mail? Assine a nossa newsletter!

 

Abra o seu próprio negócio

0
/*maps*/