fbpx Atendimento via Whatsapp

Blog

Crescimento sustentável: como preparar a sua franquia?

Postado por:

Quando o assunto é franquia, muitas perguntas rondam a mente do empreendedor. Uma das mais comuns, sem dúvida, diz respeito ao potencial de crescimento sustentável do novo negócio.

Ao optar por abrir uma empresa com marca e operações já consolidadas, algumas preocupações são eliminadas. Há, porém, a necessidade constante de avaliar o fluxo de operação e, assim, garantir a escalabilidade da empresa.

Se você busca mais informações sobre desenvolvimento saudável de operações, encontrou o conteúdo certo! No post, você entenderá um pouco mais sobre o conceito de escalabilidade e, de quebra, terá acesso a dicas valiosas para endossar o crescimento da franquia.

Preparado? Vamos em frente e boa leitura!

O que é escalabilidade (e por que ela é importante)?

O termo escalabilidade tem tido cada vez mais destaque entre os empreendedores. E não é para menos: o conceito, quando aplicado, representa um diferencial importante para as operações de qualquer empresa.

Em essência, um negócio escalável é aquele que, em função da qualidade do que oferece e da excelência com que oferece, consegue expandir sua área de atuação sem impactar negativamente nas finanças.

Na prática, a escalabilidade de uma empresa está diretamente ligada à sua capacidade de oferecer mais, para mais pessoas, com o mesmo padrão de qualidade, sem que nenhuma dessas movimentações incorra em custos maiores.

Em um mercado altamente competitivo, é importante que os gestores estejam atentos a esse conceito e possam lançar mão de estratégicas consistentes para torná-lo, de fato, uma realidade da operação.

Ao priorizar um fluxo de produção e atendimento sinérgico, alinhado aos objetivos do negócio, o empreendedor tem mais segurança para investir em expansão. A escalabilidade é, metaforicamente, o passaporte que conduz ao sucesso e à perenidade de uma organização.

No caso das franquias, a escalabilidade desponta como uma característica validada: uma marca já bem construída, com processos claros e já testados, e um público-alvo bem definido e engajado sinalizam que é possível ampliar o alcance do negócio, contendo a explosão dos custos.

Diante disso, não seria equivocado dizer, portanto, que uma empresa escalável é, sem dúvida, uma grande oportunidade em potencial. Uma vez corretamente estruturada, cabe ao empreendedor cuidar da tarefa de desenvolver e executar as estratégias que prosperarão o negócio, permitindo que ele cresça de maneira saudável — ao pisar em um terreno já preparado pelo franqueador.

Como promover o crescimento sustentável de uma franquia?

Uma vez esclarecido o conceito de escalabilidade, é válido conferir um pouco mais de prática à discussão. Para endossar o crescimento saudável do negócio, é fundamental que haja atenção (e, claro, ação) às melhores práticas de gestão com foco em expansão sustentável. Confira algumas das melhores dicas para preparar a sua franquia!

Mobilize todas as unidades

Uma franquia escalável é uma rede em que há cooperação entre as unidades. É, também, uma marca em que há a exploração e a discussão, em conjunto, das tendências de mercado e das melhores práticas administrativas.

Dessa forma, é pertinente dizer que a mobilização de todas as unidades, reunidas em um objetivo comum (que é, nesse caso, a escalabilidade da empresa) desponta como essencial no sucesso do projeto.

Considerando que o modelo de franchising é baseado no compartilhamento de experiências, favorecendo o crescimento sustentável de todos os franqueados, é importante que haja sinergia nos objetivos e metas.

Explore os mais diversos canais

Como já mencionamos, a escalabilidade pressupõe a habilidade de expandir a operação sem, no entanto, inchar os custos de produção. Essa equação pode parecer complexa, mas é, certamente, simplificada quando são encontrados os canais certos.

Definir quais são os métodos mais assertivos, porém, não é tarefa fácil. É preciso empreender um estudo bastante detalhado da marca e da empresa — verificando, por exemplo, qual é a imagem da organização e qual é o público que se deseja atender com os produtos e serviços produzidos — e então partir para um período de testes.

Aqui, a recomendação é: teste diversos canais, cometa erros e acertos, para conhecer quais são seus potenciais e quais devem ser os ajustes para potencializá-los. Assim que os cenários forem compreendidos, será mais fácil explorá-los com consistência e maiores retornos.

Fidelize seus clientes

A fidelização de clientes deve ser uma preocupação central, independentemente do estágio em que a franquia se encontra. Afinal, uma empresa só pode crescer se contar com uma base de consumidores fieis é dispostos a efetuar compras recorrentes.

Os investimentos em práticas de retenção, reaquecimento e fidelização de clientes são mais do que justificáveis: são absolutamente necessários! Priorize campanhas de incentivo e certifique-se de manter um relacionamento próximo com o público que é cativo.

Lembre-se de que a escalabilidade – e, por consequência, o crescimento sustentável – também depende do aumento do faturamento de vendas. A fidelização é crucial para alcançar esse estágio.

Organize os dados

Em um mercado tecnológico, é inteligente que as empresas se valham da miríada de dados que está disponível online. Mais do que somente acessá-los, porém, é importante que haja coerência na tratativa dessas informações, permitindo que sejam empregadas em estratégias de valor.

Para garantir o acesso a dados críveis, capazes de construir diferenciais competitivos, vale investir na centralização e na organização de informações. Uma vez catalogadas, é ideal que sustentem a elaboração de novas estratégias e que sinalizem as inovações que possam ser trabalhadas.

Considerando, ainda, o alto grau de dinamismo dos dados obtidos e trabalhados, vale ressaltar a relevância de manter um monitoramento regular, evitando que mudanças repentinas afetem um posicionamento de marca e, assim, possam comprometer a eficácia do trabalho.

Diante de tudo o que foi abordado, é comum que surja um questionamento: qual é, então, a melhor rede de franquias para investir, considerando as possibilidades do crescimento sustentável?

A resposta, por sua vez, depende de uma série de fatores e está condicionada a variáveis importantes — desde características regionais, diferindo em preferência de consumo, por exemplo, passando também por determinações de perfis, que interferem na concepção de estratégias.

A mensagem final, portanto, é clara: para perseguir o crescimento sustentável de uma rede de franquias, é preciso alinhar processos e preparar equipes. Além disso, a escalabilidade deve ser pensada como um processo contínuo, cheio de nuances e oportunidades.

O conteúdo prendeu sua atenção e despertou novos insights sobre o seu negócio? Perfeito, o objetivo foi cumprido! Entre em contato conosco e veja como podemos ajudá-lo a maximizar o retorno das operações, escalando-as em prol do crescimento sustentável do seu negócio. Sucesso e até a próxima!

0
/*maps*/