Blog

Crise dos 30: como lidar com a insatisfação profissional

Postado por:

Depois dos primeiros anos de carreira, é comum que os profissionais se sintam desmotivados e com alguma limitação de energia. Conhecida como crise dos 30, essa fase é marcada pela insatisfação pessoal e profissional, motivada pela pressão pelo sucesso esperado daqueles que atingem os 30 anos.

O desejo crescente de ter mais tempo para a família, para viajar ou mesmo para investir, não ter alcançado o auge da carreira ou a própria independência financeira são apenas alguns fatores que acabam agravando a situação.

A boa notícia é que essa é apenas uma fase e, com a ajuda de algumas técnicas, pode se tornar a guinada tão esperada para a sua carreira e para a sua vida pessoal. Descubra agora mesmo como lidar com a insatisfação e superar a crise dos 30!

Quais suas causas?

Como você já deve ter percebido, esse conflito interno pode ser desencadeado por uma série de fatores. Vamos conhecer alguns deles?

Carreira estagnada

O conforto de uma função já conhecida, ter uma rotina definida e conquistar estabilidade financeira podem ser armadilhas que levam a uma carreira estagnada. Quando as atividades no trabalho se tornam um hábito e atingir os resultados que a liderança espera já não são mais desafios, é preciso tomar cuidado para não entrar em um ciclo de combate à sua criatividade e motivação.

Ter o salário depositado na conta bancária ao fim do mês pode até ser um bom fator motivador, porém, não trará emoção suficiente para a sua vida profissional. Por isso, é preciso buscar o desenvolvimento constante e as novas oportunidades.

Que tal conferir algumas dicas para movimentar a sua carreira? Você pode:

  • assumir riscos e enfrentar pequenas mudanças ou desafios diários;
  • começar um novo curso de especialização ou idioma;
  • diversificar os grupos com os quais você interage;
  • empreender dentro da própria empresa;
  • ir além do que a sua função determina.

Vida pessoal e profissional em descompasso

Outra causa bastante frequente do desencadeamento da crise dos 30 é a falta de sincronia entre a vida pessoal e a profissional. É preciso buscar o equilíbrio entre ambas e, ao mesmo tempo, fazer com que elas se complementem. Afinal, ter uma vida profissional que não condiz com os seus sonhos pessoais é um atalho perfeito para a insatisfação!

O passo mais importante para alinhar esses dois pilares é o autoconhecimento. É a partir dele que você terá condições de estabelecer objetivos que sejam coerentes com a pessoa e o profissional que você é. Assim, alcançar uma meta profissional não é gratificante apenas pela realização, mas porque também aproxima você do seu propósito de vida.

Poucas chances de alcançar postos de chefia

Não conseguir escalar a hierarquia da empresa é uma condição bastante frustrante, não é mesmo? Ainda mais se a empresa não possui um plano de carreira ou se o seu chefe não parece muito receptivo à ideia de uma promoção.

Uma dica bastante válida, principalmente para quem trabalha em uma empresa sem um plano de carreira definido, é conversar com o seu supervisor sobre a sua preparação para receber uma promoção. Se dispor para traçar uma qualificação profissional pode ser uma forma proativa de demonstrar o interesse pelo seu crescimento!

Dúvidas sobre a escolha profissional

A escolha profissional tem tudo a ver com quem você é quando não está no trabalho. Se essas duas esferas da sua vida não estão andando juntas, é melhor repensar seus caminhos. É normal que próximo dos 30 anos você comece a questionar as suas escolhas, se elas foram e serão o melhor para você sob vários aspectos, inclusive financeiramente.

É importante reconhecer os motivos que levaram você até sua vida atual, desde os empregos que você teve até as pessoas com quem escolheu interagir no happy hour.

Por quê? Porque isso o ajudará a encontrar quem você realmente é e o que busca com a sua escolha profissional. Além, é claro, de apontar se você está ou não caminhando em direção aos seus sonhos.

É preciso avaliar: o seu trabalho realmente não deu oportunidades para que você impulsionasse a sua carreira, ou você simplesmente já não tem interesse em se dedicar à área em que você atua?

Quais são os sintomas?

O sucesso se torna algo bem mais simples para quem entende a seguinte dinâmica: quanto mais feliz e satisfeito você trabalha, melhor realiza as suas funções, gerando mais renda e conquistando maior estabilidade financeira e bem-estar. É um ciclo!

Por isso, não se trata apenas de escolher uma profissão que “dê dinheiro”, mas, sim, de escolher algo que gere prazer e satisfação sempre que você o realizar. Quanto mais disposto você estiver para fazer com que as coisas funcionem, melhor serão os seus resultados.

Assim, de nada adianta um emprego cuja remuneração é excelente, se você chega em casa exausto e sem motivação para aproveitar um tempo com a sua família.

Os sintomas são relativamente simples e estão quase todos ligados a questionamentos como:

  • “A minha profissão é fruto dos meus sonhos e das minhas aspirações, ou apenas dos desejos alheios?”
  • “Essa é a área na qual quero atuar quando estiver com 40 anos?”
  • “Conseguirei alcançar minha independência financeira seguindo esse emprego?”
  • “Eu sou feliz e realizado atuando nessa área?”
  • “Estou no mesmo estágio profissional que a média de pessoas da minha idade?”
  • “Minha profissão vai me permitir aproveitar a vida e prezar pelo meu bem-estar?”

Se você identificou alguma dessas perguntas de forma recorrente na sua vida, não se preocupe. Separamos as melhores formas de superar essa fase!

Como enfrentar a crise dos 30?

A tão temida crise dos 30 bateu à porta. E agora? Não se desespere! Esse pode ser o momento ideal de despertar a sua carreira e dar aquela guinada profissional. Quer saber como?

Experimente o coaching

O coaching é um método de ressignificação de objetivos pessoais e profissionais para auxiliar na busca por propósitos consistentes, que sejam capazes de gerar satisfação e, ao mesmo tempo, resultados.

Sua função é disponibilizar uma série de questionamentos e ferramentas, a fim de identificar quais são os comportamentos que podem estar sabotando a sua performance. O coaching ajuda a:

  • organizar o seu tempo;
  • estabelecer prioridades;
  • trabalhar em equipe;
  • pedir ajuda ao executar tarefas;
  • escutar as pessoas;
  • estabelecer bem-estar social;
  • cuidar da sua saúde​;
  • buscar autoconhecimento.

Invista na sua formação

Uma ótima forma para alçar novos voos dentro da sua empresa ou mesmo para conseguir uma recolocação profissional é investir na sua formação. Buscar conhecimento é uma das maneiras mais eficazes para se reencontrar e descobrir como desempenhar suas tarefas de forma satisfatória para a empresa e para você mesmo.

Pense além do óbvio, invista na diversificação do seu conhecimento e torne-se um profissional multifuncional, capaz de se destacar em qualquer atividade. Busque formas de se qualificar, seja por meio de cursos profissionalizantes ou mesmo de uma pós-graduação.

Aprenda um novo idioma, estude a criatividade, aprenda sobre relacionamentos interpessoais. Ainda que pareçam áreas distintas, em algum momento elas se complementarão, fazendo de você um profissional diferenciado.

Aposte em empreendedorismo

Se, mesmo assim, você ainda sente que não é o suficiente para dar aquela virada no jogo, então considere a possibilidade de apostar em empreendedorismo! Se você sente uma motivação especial por identificar problemas e oportunidades e consegue alocar recursos para resolvê-los, o empreendedorismo é feito para você.

Algumas pessoas só conseguem se sentir felizes e realizadas ao perceber que suas atividades resultam em mudanças e geram impactos positivos no ambiente em que estão inseridas. Se você se identifica com essa necessidade, talvez esteja na hora de considerar investir no seu próprio empreendimento.

A crise dos 30 é uma angústia real para inúmeras pessoas que chegam a essa fase da vida. O mais importante é identificá-la e tomar as melhores providências para lidar com ela. Agora que você já conhece um pouco mais sobre este assunto, que tal curtir a nossa página no Facebook e ficar por dentro de todas as novidades?

0