Blog

Franquia de sucesso: guia com passos desde a criação à expansão do negócio

Postado por:

Você pensa em abrir um negócio próprio? Que tal optar pelo franchising? Com ele, é fácil ter uma franquia de sucesso. Quer saber como? Essa pergunta envolve diferentes variáveis. Apostar em uma marca já testada e conhecida é o suficiente para alcançar o êxito. Mas é possível melhorar os resultados a partir de alguns aspectos.

Neste post, mostraremos os passos necessários desde a criação até a expansão da sua unidade, passando pelas vantagens de investir em uma franquia. ​E então, ficou curioso para conhecer as peculiaridades de cada um desses tópicos? Acompanhe e veja como atingir a alta performance!

Conheça as vantagens de investir em uma franquia

Ser um franqueado é ter o direito de comercializar produtos e serviços de uma marca já conhecida e testada pelo mercado. Além desse benefício, você ainda pode ter acesso ao know-how e aos direitos de licença, com a contrapartida de pagar algumas taxas mensais e/ou anuais, dependendo do contrato.

No Brasil, muitas pessoas apostam nesse modelo de negócios pelos resultados positivos que apresenta. Segundo os dados consolidados de 2017 da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o crescimento do setor em faturamento foi de 8%, chegando a R$ 163,319 bilhões. O total de unidades também aumentou em 2%, fechando em 146.134.

Já no primeiro trimestre de 2018, a alta foi de 5,1% no faturamento, em comparação ao mesmo período de 2017. O total alcançado foi de R$ 38,762 bilhões. Nos 12 meses anteriores acumulados, o desempenho foi 7% maior. Já o saldo no número de unidades foi positivo em 1%.

Esses números já evidenciam as vantagens de abrir uma franquia. Porém, existem outros benefícios. Veja quais são os principais a seguir.

Expansão rápida

É um dos diferenciais desse modelo de negócio. Para a marca, a vantagem é conseguir ampliar as operações sem fazer grandes investimentos. Para os proprietários das unidades, é a chance de obter retorno rápido e poder investir em outro empreendimento ou na abertura de mais uma unidade.

Aumento do poder de compra

Sabe aquela ideia de que a compra de vários itens tende a diminuir o preço deles? É exatamente isso que a franquia faz. Como é necessário adquirir um volume mais alto de mercadorias para toda a rede, a franqueadora tem um poder de negociação maior.

Com isso, há a tendência de baratear a aquisição dos itens por meio da chamada economia de escala. Esse preço mais baixo é repassado aos proprietários das unidades, que reduzem seus custos de funcionamento.

Acesso ao conhecimento

Compartilhar conhecimentos e informações é uma das melhores prerrogativas do sistema de franchising. Isso ocorre entre marcas e franqueados, assim como entre os próprios donos de unidades. Essa troca constante propicia o aumento do potencial de negócios pela difusão de boas práticas, que elevam a vantagem competitiva.

Além disso, como franqueado, você terá acesso ao produto ou serviço comercializado e também terá pessoas capacitadas pela própria marca para trabalharem na sua unidade. A franqueadora ainda atua diretamente com a divulgação da marca e indicará quais são os quesitos de qualidade necessários.

Suporte da franqueadora

Decidir pela abertura de um negócio é um desafio, porque há vários quesitos a serem considerados. Com o franchising esse processo é facilitado, porque você já conta com um apoio contábil, administrativo, operacional, jurídico e tecnológico.

Apesar de seu negócio ser uma pessoa jurídica independente e você ser responsável pela gestão da unidade, será desonerado de boa parte da burocracia de abrir uma empresa do zero. Com isso, pode focar o operacional e o estratégico da sua unidade.

Da mesma forma, a marca oferece treinamento e capacitação para os colaboradores. Eles aprenderão desde a história da marca, seus produtos e serviços até a forma como o atendimento deve ser realizado e o que é fundamental para garantir o nível de qualidade exigido.

Assim, a marca tem a maior responsabilidade para si, já que cuida de todo o sistema de franchising, tem o dever de inovar e aperfeiçoar produtos e serviços oferecidos e ainda se preocupa com o desempenho das unidades. Para você, cabe atentar aos aspectos do seu negócio para que o êxito seja alcançado.

Saiba o que fazer para abrir uma franquia de sucesso

A verdade é uma só: por mais que você opte pelo franchising, que tem mais chances de bons resultados, apenas chegará a esse objetivo se gostar do que faz. O primeiro passo para começar a trilhar esse caminho é selecionar um empreendimento e uma marca com os quais tenha afinidade.

A partir disso, é preciso considerar outros aspectos que farão toda a diferença. Veja quais são eles a seguir.

Avalie suas habilidades

autoconhecimento é fundamental na hora de definir o melhor negócio e tomar decisões com clareza. Há muitas opções de franquias disponíveis no mercado. Descobrir a mais adequada para seu perfil é o desafio nesse momento.

Para descobrir a resposta, vale a pena fazer a si mesmo algumas perguntas:

  • Como imagina seu futuro?
  • Por que deseja abrir seu negócio?
  • Quais benefícios deseja obter com o empreendimento?
  • Quais são seus hobbies e paixões?

Perceba que o dinheiro é o que menos importa. Aqui, vale a pena pensar naquilo que o move como pessoa. Por exemplo: se você gosta do segmento de educação, uma alternativa interessante é abrir uma franquia de cursos profissionalizantes e idiomas, que prepara o estudante para o mercado de trabalho.

Esse é o caso do Formatec Informática, da Jumper!, que é um curso 3 em 1. Nele, o aluno sai pronto para o mercado de trabalho e tem uma formação completa para conquistar seu espaço.

Avalie o mercado

Esse aspecto deve estar alinhado aos seus objetivos pessoais e profissionais. Analise se há algum produto ou serviço que falta na sua cidade ou região, se as pessoas reclamam e fazem solicitações por alguma coisa, qual é o nível de renda das famílias e quanto os indivíduos estão dispostos a pagar por determinados produtos e serviços.

Esse processo pode ser feito de diferentes maneiras. Uma pesquisa na internet, em sites governamentais e do IBGE, por exemplo, é um bom começo. Mas também vale a pena conversar com as pessoas e identificar ausências e possibilidades de melhoria. Lembre-se: tudo depende de oferta e demanda.

Nesse estudo, levante também a situação da concorrência. Verifique quais ofertas fazem e como estão seus resultados. Esse é um bom termômetro para definir em que investir.

Tenha cuidado com os aspectos financeiros

A abertura de qualquer negócio exige um investimento, que tende a ser arriscado. Por isso, o ideal é ter o montante necessário para começar seu empreendimento com o pé direito.

De cara, elimine qualquer marca cujo valor inicial esteja acima das suas possibilidades. Verifique também qual é sua expectativa de recuperação do capital empregado. As franquias sempre indicam o tempo médio de retorno do investimento e ter esse parâmetro é uma boa ideia para definir se está no caminho certo.

Atente à necessidade de capital de giro, isto é, aquela quantia que será utilizada para o funcionamento da empresa nos primeiros meses. A franqueadora também costuma recomendar o total necessário.

Tenha em mente que, mesmo sendo um negócio com mais chances de sucesso, o início costuma ser mais difícil e você precisa ter uma boa gestão para melhorar as finanças o mais rápido possível. Lembre-se de que é necessário efetuar o pagamento de algumas taxas, como de royalties e publicidade.

Estude o segmento em que pretende atuar

O conhecimento do mercado é importante, mas também é necessário explorar o segmento em que pretende atuar como franqueado. Verifique quais são os principais detalhes da área, quem é seu público-alvo, do que os consumidores gostam e quais são suas frustrações.

Aproveite para identificar também quais são os tipos de ponto de venda aos quais os franqueados mais têm acesso e quais são os elementos comuns. Com isso, você consegue ter uma visão mais ampla sobre o setor e pode detectar os desafios que enfrentará nesse processo.

Avalie a Circular de Oferta de Franquia (COF) e o contrato

Esses dois documentos são os principais na relação entre franqueadora e franqueado. Eles devem trazer informações semelhantes. A diferença é que a COF deve ser entregue 10 dias antes de você efetuar o pagamento de qualquer taxa e de assinar o contrato.

Nessa circular, devem constar dados sobre a situação financeira da marca, possíveis pendências judiciais, aspectos legais da franquia, investimentos necessários, pagamentos que deverão ser realizados, entre outras informações. Já o contrato traz todas as cláusulas que determinarão a relação entre marca e unidade.

Avalie a COF e o contrato atentamente, em todos os seus aspectos. Você verá que as cláusulas são fáceis de entender e você mesmo pode fazer essa avaliação.

Cuide das questões burocráticas

O suporte da franqueadora é essencial, mas existem algumas atividades que dependerão somente de você. Muitas delas estão relacionadas à abertura do negócio. Como sua empresa é uma pessoa jurídica desvinculada da marca, precisará verificar o que é necessário na Prefeitura e Secretaria de Estado da Fazenda (para atividades de comércio e indústria) para abrir sua unidade.

Entre as questões que devem ser levantadas estão:

  • análise de viabilidade, para saber se a escolha do ponto comercial da franquia é permitida pelo município;
  • registro do contrato social ou requerimento de empresário, documentos que indicarão as responsabilidades, direitos e deveres da empresa, bem como apresentarão as relações de sócios e outros dados relevantes;
  • entrega de documentos no cartório de pessoas jurídicas, processo que varia se o negócio se enquadrar como microempresa (ME) ou empreendimento de pequeno porte (EPP);
  • apresentação de documentos na Junta Comercial, com encaminhamento do contrato social para constituir a unidade franqueada.

Novamente, esse processo deve contar com a ajuda de profissionais, especialmente o advogado e o contador, que indicarão os melhores caminhos a seguir.

Elabore um plano de negócios

A ideia desse documento é guiá-lo para indicar o que deve ser feito, quais são os próximos passos e quais dificuldades podem ser encontradas pelo caminho. Perceba que a marca já tem um plano de negócios, no qual identifica oportunidades de mercado em regiões nas quais pretende atuar.

Porém, é recomendado elaborar um plano de negócios para sua unidade, que deve contemplar características e perfis de comportamento do público-alvo específico da sua cidade ou bairro. Por isso, faça uma análise de mercado para conhecer os potenciais clientes e realize uma projeção de lucro líquido mensal.

Multiplique o montante por 12 para ter uma ideia da receita estimada perante o desembolso necessário. Considere ainda seus pontos fortes e fracos para saber o que precisa ser trabalhado para atingir o sucesso. Assim, você terá um retorno melhor em um período de tempo mais curto.

Veja os cuidados necessários para abrir uma franquia

As vantagens e os aspectos práticos de ser um franqueado são importantes, mas devem ser seguidos de alguns cuidados essenciais. Ter essa atitude garante que você tenha mais chances de sucesso, além de também eliminar alguns obstáculos normais que podem surgir pelo caminho.

Conheça, então, quais são os aspectos que requerem uma precaução extra.

Selecione uma franquia confiável

A seleção do segmento em que você vai atuar é o primeiro passo, mas atente também à marca com a qual fará parceria. O empreendimento deve ser confiável e, de preferência, filiado à ABF, instituição que exige critérios de qualidade específicos para que as franqueadoras façam parte.

Consuma os produtos e serviços da marca

A maneira mais fácil de saber se o que você está vendendo tem qualidade é experimentar. Os empreendedores devem usar os produtos ou serviços oferecidos pela marca antes mesmo de se aventurarem em uma parceria. Lembre-se de que você terá que reproduzir o formato. Portanto, se achá-lo ruim, é melhor optar por outro negócio.

Siga as estratégias determinadas pela marca

A principal prerrogativa para os franqueados é seguir o que a franqueadora estabelece. O modelo de negócios deve ser reproduzido, porque foi testado e aperfeiçoado por anos. Caso você tenha alguma ideia, converse com a marca e veja se é possível fazer alguma modificação. Sempre há espaço para conversas.

Atente às questões financeiras da unidade e familiares

O aspecto financeiro é uma das principais preocupações dos empreendedores no começo do negócio. Como é preciso ter o montante relativo ao investimento inicial acrescido de capital de giro, é comum ter que solicitar empréstimos.

No entanto, você também deve pensar no lado financeiro da sua família. É preciso ter uma reserva de emergência para casos de necessidade e também para evitar o comprometimento do estilo de vida. O ideal é que a quantia total seja equivalente a 6 meses de gastos da casa.

Para o negócio, basta ter o capital equivalente ao que a marca indica como necessário. Nesse momento, tenha em mente que o melhor é ser conservador.

Converse com os franqueados

Na COF estão dispostos os contatos das unidades atuais. Vale a pena conversar com eles e questionar sobre a marca, como funciona a parceria, se tudo o que está disposto em contrato é seguido e quais retornos já foram conquistados. Isso trará mais confiança e motivação para atingir o sucesso.

Aprenda sobre gestão

A responsabilidade de administrar o negócio é sua. Cabe a você aprender sobre gestão e saber o que é necessário para incentivar os colaboradores. Por isso, estude, leia livros e faça cursos online. Eles o ajudarão significativamente a atingir bons resultados.

Agora que você já verificou a importância de todas as particularidades burocráticas, judiciais, administrativas etc., precisa pensar no marketing local, porque é ele que fará os clientes chegarem à sua unidade.

Entenda quais estratégias de marketing você pode utilizar

A franqueadora já é encarregada de fazer a divulgação de seus produtos e serviços. Mas as estratégias locais são essenciais para chamar a atenção do público e garantir que sua unidade tenha um bom nível de vendas. Veja, a seguir, o que é possível fazer.

Engaje-se com a marca

Sua unidade representa uma marca. Ter um bom relacionamento com o departamento de marketing garante melhores decisões e o acesso a recursos diferenciados. Foque o trabalho alinhado, que impacta positivamente a rotina operacional. Para isso, compreenda o conceito geral da franqueadora, seu posicionamento no mercado e as expectativas para as unidades.

Repasse o valor da marca aos colaboradores

As pessoas contratadas para sua unidade podem passar pelo treinamento da marca, mas nem sempre internalizarão os valores da franqueadora. Reforce essa questão diariamente e instigue sua prática com os clientes. Isso interfere no desempenho e também na motivação dos colaboradores, que passam a ter um sentimento de valorização.

Invista nas redes sociais

A marca tem seus perfis em redes sociais, mas sua unidade também deve aproveitar essa técnica. Marque sua presença digital e divulgue produtos, serviços, promoções, lançamentos e o que mais achar relevante dentro do contexto da marca.

Esteja disposto a interagir com os clientes a qualquer momento, respondendo às suas dúvidas e reclamações. Essa é uma maneira eficiente de inverter uma impressão ruim e garantir que um cliente que teve uma experiência negativa dê uma nova chance para sua unidade.

Aposte no e-mail marketing

Essa estratégia é uma das mais eficientes, porque o cliente permitiu que você entrasse em contato ao fornecer seu e-mail. Por isso, aposte nessa ideia para divulgar os produtos e serviços, bem como para chamar a atenção dos consumidores.

A dica aqui é adotar uma linguagem mais informal e próxima do leitor, mas condizente com o público-alvo. Crie conteúdos relevantes e envie as mensagens com uma periodicidade predeterminada. Além disso, use uma ferramenta de automação que facilite a captura de dados e o envio das informações.

Lembre-se do marketing local

As mídias tradicionais também são bons canais de divulgação. Use folders, outdoors, campanhas em rádio, TV e jornais locais para chamar a atenção dos potenciais clientes. Esteja próximo do público e crie eventos diferenciados que atraiam as pessoas até seu estabelecimento. O resultado será bastante positivo.

Checklist: 10 segredos das franquias de sucesso

Chegou até aqui? Nesta parte final do post, vamos apresentar os 10 segredos das franquias de sucesso. Ficou curioso? Confira a seguir.

1. Identifique-se com o negócio

Conhecer a empresa e se identificar com ela é imprescindível, como já citamos. A paixão é o que deve mover sua motivação. Então, se o que você ama é educação, abra uma franquia de idiomas. Se preferir moda, abra uma loja de roupas. Tenha em mente: essa é chave para começar bem seu negócio.

2. Dedique-se

Começar um negócio do zero, mesmo que seja uma franquia, exige muito esforço e dedicação. É comum o empreendedor desejar abrir sua unidade para ficar mais tempo com a família. É claro que você terá mais liberdade para equilibrar o tempo, mas no começo terá que investir na disciplina. No entanto, saiba que isso vale a pena. Por isso, esteja disponível.

3. Goste de atender e gerir pessoas

É responsabilidade do dono da unidade gerenciar os colaboradores e ajudá-los quando necessário. Observe que você precisará colocar a mão na massa de vez em quando e também precisará trabalhar para estruturar a equipe. Assim, as atividades continuarão sendo realizadas mesmo que você precise se afastar temporariamente.

4. Capacite-se

Leia e estude sempre. É dessa forma que você se manterá atualizado e encontrará respostas para seus problemas. Procure cursos voltados para suas dificuldades e busque sanar as lacunas de conhecimento existentes. Outra dica relevante é dominar a legislação do franchising, que pode contribuir muito em caso de imprevistos com a marca.

5. Empodere-se do negócio

Ser um franqueado não é ter apenas uma unidade. É também se empoderar da marca e entender que faz parte dela e contribui para seus resultados. Saiba que são suas atividades diárias que fazem o negócio acontecer e que, por mais que tenha que seguir as determinações da marca, você pode resolver alguns obstáculos que surgem no dia a dia.

6. Inspire-se nos franqueados de sucesso

É importante que você mire o sucesso, conheça os cases mais valorizados e entre em contato com os proprietários de unidades que tiveram mais êxito. Questione suas estratégias e veja o que o diferencia. Quem sabe pode ser o caminho para aprimorar seus resultados.

7. Cuide do atendimento

Ter clientes é o que garantirá seu faturamento, o lucro e a existência da sua unidade. Por isso, mais que oferecer produtos e serviços de qualidade, invista no bom atendimento. Trate bem seus clientes e exija isso dos colaboradores. Um atendimento de excelência vale ouro, acredite.

8. Controle as despesas

É fundamental controlar suas receitas e despesas. Faça um fluxo de caixa eficiente e preveja os gastos dos próximos meses para saber quanto precisa faturar. Se precisar, peça dicas para a franqueadora para começar as vendas com o pé direito.

9. Valorize os colaboradores

São eles que garantirão a operação do negócio no dia a dia, então, lembre-se sempre dos funcionários quando os resultados forem positivos. Faça uma pequena comemoração quando as metas forem atingidas, esteja próximo e busque ouvi-los. Atitudes simples fazem a diferença e criam um clima organizacional muito melhor para se trabalhar.

10. Mantenha os produtos em estoque

Armazene os produtos de maneira equilibrada. Evite deixar muitos itens sem giro para que o capital não permaneça parado durante bastante tempo. Porém, evite ficar sem alguma mercadoria, porque isso ensejará a perda de oportunidades.

Agora que você entende o que é uma franquia de sucesso, que tal conhecer uma marca que contempla todos os quesitos que abordamos neste post? Na Jumper Franchising, prezamos pelo suporte aos franqueados e pelo atendimento de excelência. A partir dos nossos cursos, você tem a oportunidade de empreender e ter ganhos rápidos com uma franqueadora de qualidade.

Então, aproveite e entre em contato conosco para conhecer melhor nosso método! A conversa é totalmente sem compromisso e você terá a chance de colocar sua paixão em prática.

Abra o seu próprio negócio

0
/*maps*/