fbpx Atendimento via Whatsapp

Blog

Vale a pena investir no mercado de educação?

Postado por:

Descubra como está o mercado de educação e quais são as vantagens de empreender na área

Hoje em dia, muito se fala em empreendedorismo. O tema virou matéria de faculdade, assunto em palestras e cursos. Os jovens são incentivados desde cedo a pensar nessa ideia promissora que cresce cada vez mais no mercado. Além da independência profissional, a flexibilidade é um ponto que motiva as pessoas a procurarem ter seu próprio negócio. Mas caso você esteja se perguntando, “no meio de tantas possibilidades de empreender, qual seria a melhor opção de investimento atualmente?”, nós te respondemos sem medo de errar, invista no mercado de educação!

Não é novidade para ninguém que as taxas de desemprego no país são enormes, e a busca por uma oportunidade de trabalho se torna difícil devido à alta concorrência. Neste cenário, se qualificar é a solução para se destacar em um mercado extremamente competitivo. Segundo estudo elaborado pelo site de busca de empregos Catho, no país, o domínio do inglês, por exemplo, é tão baixo que ocupamos a 41ª colocação em um ranking de proficiência no inglês que conta com 70 países. Isso mostra a importância e a grande oportunidade de investir em escolas de línguas, além de que, estima-se que o ensino de idiomas fature mais de R$ 35 bilhões anualmente no Brasil.

Atualmente, o mercado de franqueadoras educacionais conta com grandes grupos de renome, como a Jumper!, administrada pelo economista e empresário, Everton Sabú. A rede conta com consultorias e treinamentos de gestão periódicos, ministrados pelo próprio Everton, para que os franqueados tenham mais segurança em gerir suas escolas. O espaço é entregue para o franqueador, com toda a estrutura completa, ambientes montados e em pleno funcionamento. Além disso, a metodologia de ensino é desenvolvida da melhor forma, com materiais didáticos de qualidade e estratégias de captação de alunos definidas. A franqueadora não exige que o investidor tenha alguma formação na área de educação para abrir uma unidade, apenas a vontade de empreender em algo promissor.

Segundo Sabú, existe uma carência na educação brasileira e as franquias deste segmento podem “surfar” nesta onda. Há muitas demandas de capacitação e formação pessoal e profissional no Brasil. “Os jovens tendem a procurar por cursos profissionalizantes, para que possam complementar sua formação e se destacar no mercado de trabalho.”, comenta Everton. Em recente pesquisa, o Senai apurou que 51% dos jovens brasileiros que nunca estiveram em um curso profissionalizante desejam se matricular em um. Além disso, 79% dos entrevistados consideram a especialização em uma área importante para seu futuro profissional.

Investir em uma rede de idiomas e cursos profissionalizantes tem a enorme vantagem de ser um serviço que nunca deixará de ser essencial para a população, além disso, a implantação do negócio é simples, e com fácil gestão. Por isso, se você está pensando em abrir um negócio, leve em consideração as franquias de educação, o mercado é promissor, e você não estará apenas investindo em capital humano, mas principalmente no futuro do país.

Quer saber mais sobre a JUMPER!? Acesse nossas redes sociais!

0
/*maps*/