fbpx Atendimento via Whatsapp

Blog

Por que é preciso desenvolver resiliência nos negócios? Descubra aqui!

Postado por:

O mercado já é, por si só, um ambiente muito competitivo e com desafios a serem superados. Dessa forma, apenas as empresas que conseguem ultrapassar essa barreira e serem resistentes às adversidades vão conseguir permanecer em pé, executando suas atividades.

Nesse contexto, o gestor deve ter um mindset que o faça enxergar além dos problemas, mantendo o atributo da resiliência nos negócios e fazendo com que os seus propósitos se mantenham firmes para o bem maior da empresa. Desse modo, o empresário poderá ter um controle mais eficiente sobre a ocorrência de situações adversas que podem, porventura, aparecer e comprometer o desempenho do negócio em determinado momento.

Neste artigo, vamos apresentar porque o desenvolvimento da resiliência nos negócios é essencial para mantê-los em pleno funcionamento e como desenvolver essa técnica com eficiência. Confira!

O que é resiliência nos negócios?

A resiliência é o conjunto de pensamentos e ações que fazem com que uma pessoa consiga encarar adversidades e mudanças e superar os pontos negativos desses elementos.

Aplicando esse pensamento com foco empresarial, podemos dizer que, por meio do controle da mentalidade, o empresário ou o gestor do negócio têm forças para conduzir os negócios de forma assertiva e estratégica, indo em direção aos objetivos e agindo em prol do bem comum do empreendimento, mesmo que contratempos aconteçam eventualmente.

Desse modo, um profissional resiliente consegue enxergar vantagens e oportunidades em uma situação negativa, analisando as potenciais soluções e promovendo as mudanças estratégicas necessárias para superar as adversidades. A resiliência é, então, a capacidade de:

  • prever a ocorrência de crises e analisar maneiras de se preparar para elas;
  • agir positivamente diante de uma circunstância desafiadora para os negócios;
  • promover as mudanças para que a empresa continue firme e forte no mercado;
  • manter atividades e habilidades mesmo que a empresa passe por dificuldades;
  • manter também (e principalmente) a missão e a visão da empresa, entre outras competências.

Se o empreendedor não tem resiliência, inevitavelmente o negócio vai passar por adversidades com mais frequência e tem grande probabilidade de não ir para frente. Ou seja, as chances de ter que fechar as portas e amargar falência serão muito altas. Mas você não quer que isso aconteça, certo?

Como ter mais resiliência nos negócios?

Preparamos dicas importantes de como desenvolver (e manter) a habilidade de ser resiliente nos negócios. Confira agora mesmo.

Amplie os conhecimentos

Reunir conhecimento é um fator essencial para desenvolver qualquer empresa. Ele compreende desde estudar as tendências e necessidades do mercado, até as fases de produção e vendas. Nesse sentido, o profissional deve estar sempre aprendendo e se atualizando. O mundo está se transformando em uma velocidade muito rápida e para tanto, os conceitos também vão sendo moldados e desenvolvidos com base nesse progresso.

Assim, quanto mais conhecimento o profissional adquirir, mais criativo, confiante e preparado ele estará para enfrentar o mundo dos negócios e conseguir encarar momentos de crise.

Encontre um propósito

Ter paixão pelo que faz já é meio caminho andado. Identifique um ramo com qual você se identifique e mantenha afinidade com ele. Assim, você consegue desenvolver uma mentalidade focada no objetivo final, que é a melhor maneira de superar adversidades.

Se você, como empresário, não sabe como deve agir e como conduzir sua empresa até onde deve chegar, então qualquer lugar serve. Isso é um grave erro. Um dos propósitos do empreendedorismo é  encontrar o negócio ideal e trabalhar em cima dele, mesmo que passe por dificuldades na gestão.

Determine o objetivo do negócio

Quando você estipula metas claras para a sua gestão e para a sua empresa, torna-se mais fácil planejar o caminho que terá que percorrer para chegar ao ponto final. Dessa maneira, os problemas que surgirem serão considerados meras adversidades do caminho, obstáculos a serem transpostos

Se o gestor tem a capacidade de identificar as áreas de sucesso e as vulnerabilidades, maiores são as chances de acertar ao investir seu tempo, dinheiro e conhecimento,

Seja otimista e autoconfiante

Otimismo significar encarar as adversidades como uma oportunidade de crescimento. Trata-se de uma clara mudança de mindset. Portanto, caso esteja passando por situações complexas e desanimadoras, tente se manter confiante e certo de que achará uma solução para o problema.

Assuma riscos

Tenha coragem para ir alémA ousadia é uma qualidade que torna muitos empresários bem-sucedidos. Portanto, dentro do que considera a margem de segurança, teste seus limites e se reinvente. Descubra o seu diferencial e trabalhe em cima dele.

Lance novos produtos, invista em novas campanhas de marketing, ofereça serviços diversificados. Tudo isso são estratégias para você conquistar novos clientes e melhorar a sua imagem perante o mercado.

Fortaleça o networking

Manter boas relações profissionais e ser sociável é outra maneira de fortalecer a rede de contatos e promover a sua empresa. Tenha sempre (sempre mesmo!) em mente a imagem que quer passar: um empresário firme, motivado e alinhado com os propósitos da empresa.

Por isso, invista nos diálogos com fornecedores, clientes e os próprios empregados. Esse fortalecimento nas relações é uma boa maneira de motivar as partes e, assim, agregar valor ao negócio.

Seja mais flexível

A flexibilidade está intimamente ligada à resiliência e à forma de se reinventar. Se algum resultado não saiu como planejado anteriormente, pense em novas maneiras de fazer dar certo. Evite ser radical demais e aprenda a observar o seu redor. Assim, você não deixe passar oportunidades importantes que podem fazer toda a diferença para o seu sucesso.

Use tecnologias como aliadas

As inovações tecnológicas surgiram para otimizar as tarefas nas empresas. Nesse sentido, ser resiliente envolve adotar mecanismos automatizados que vão trazer segurança, eficiência e agilidade aos processos, propiciando resultados positivos para a organização. Podemos citar como exemplos softwares de gestão, sistemas de backup e recuperação, armazenamento em nuvem etc.

Alinhe o negócio

É importante conhecer os pontos fortes e fracos da empresa e do gestor. Portanto, identifique como a empresa deve se portar, a imagem que vai passar para o público, as técnicas de vendas que precisa adotar para ter lucros etc. Trabalhe no sentido de cumprir essas metas necessárias.

Administrar um negócio implica correr riscos e suportar adversidades ao longo do caminho. Os desafios estão inerentes em toda atividade empresarial. Nesse cenário, desenvolver a resiliência nos negócios é a melhor forma de encarar o surgimento de problemas e determinar medidas para que eles sejam solucionados. Portanto, seja inspirado, corajoso e se arrisque. O mercado precisa de empresários resilientes e que não se deixam abater por qualquer crise.

Você já passou por algum problema na empresa e resolveu a questão de maneira resiliente? Deixe um comentário abaixo!

0
/*maps*/