fbpx Atendimento via Whatsapp

Blog

Onde investir o FGTS? Veja 3 opções!

Postado por:

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um valor acumulado pelos trabalhadores formais ao longo de suas carreiras. Enquanto há um contrato de trabalho, o empregador é obrigado a depositar 8% do valor do salário, mensalmente, para a formação do FGTS − que antes do trabalhador se aposentar, poderá ser sacado em situações especificas.

Muitos têm dúvidas sobre onde investir o FGTS, afinal, geralmente é um valor considerável. Então, é importante acompanhar mensalmente os seus rendimentos, estar atento às regras para utilização e, claro, fazer planos para investir seu dinheiro da melhor forma possível.

Neste post, você vai entender melhor o que é o FGTS, em quais situações você poderá sacá-lo e também dicas sobre os melhores tipos de investimentos para você multiplicar seus ganhos. Confira!

O que é o FGTS e como usá-lo?

O FGTS foi criado pelo Governo Federal com o intuito de proteger o trabalhador formal de demissões sem justa causa. Todos os meses, o empregador é obrigado a depositar na conta do Fundo de Garantia de cada trabalhador o que corresponde a 8% do seu salário.

Ou seja, todos os trabalhadores registrados pela CLT têm direito a esse benefício, que pode ser solicitado em situações específicas. A primeira condição para você sacar o FGTS é ter sido demitido sem justa causa. O término de contrato por prazo determinado também possibilita a retirada do valor.

Há outras condições que permitem o saque do FGTS:

  • rescisão de contrato por conta de extinção da empresa;
  • aposentadoria;
  • necessidades pessoais decorrentes de situações de risco causadas por desastres naturais;
  • falecimento do trabalhador;
  • idade igual ou superior a 70 anos;
  • trabalhador ou dependente portador de HIV ou neoplasia maligna;
  • estágio terminal caracterizado por doença ou afastamento do trabalhador por 3 anos consecutivos fora do regime CLT.

Além do mais, o Governo Federal autorizou, neste ano, o saque do FGTS referente às contas inativas. Uma medida inédita para promover o aquecimento da economia e que deu ao trabalhador a chance de usar o dinheiro para a aquisição de bens ou mesmo apostar em investimentos.

Onde investir o FGTS?

Tudo vai depender do seu perfil, pois existem diversas possibilidades de investimentos que vão fazer o seu dinheiro do FGTS render. Comece analisando quais são os seus objetivos, se poderão ser cumpridos a curto ou longo prazo e também qual será o tipo de rendimento que você quer ter.

Por exemplo, há quem se preocupe em ter uma aposentadoria tranquila, não contando apenas com o INSS. Por isso, desde cedo aposta também nas previdências privadas, que funcionam como um complemento para a renda do trabalhador. Esse é um exemplo perfeito para quem pensa a longo e médio prazo.

No entanto, há também quem prefira fazer planos que poderão ser realizados a curto e médio prazo e que precisam do dinheiro mais rapidamente. Situações como troca de imóveis ou veículos, por exemplo, nem sempre podem esperar por um longo tempo. Levando tudo isso em consideração, é preciso que você determine quais são seus planos antes de pensar em investir o dinheiro.

 

 

1. Aplicações

Hoje, o mercado oferece uma série de investimentos compatíveis com diversos tipos de rendas. O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de renda fixa que, desde o início, informará exatamente o quanto você irá receber como rendimentos. Já o Tesouro Direto são títulos públicos que oferecem a garantia de que o próprio Governo Federal pagará seus juros ao final de um contrato pré-determinado.

Essas duas opções são compatíveis para quem tem planos para médio e longo prazo, além de oferecer um alto nível de segurança quanto ao retorno do seu dinheiro. Há outros tipos de investimentos mais arriscados, mas que também oferecem melhor rentabilidade, como ações na bolsa de valores.

Mesmo para investidores com pouca experiência, eles se tornam boas alternativas, assim como os fundos de investimentos. Afinal, existirá um time de especialistas administrando o seu dinheiro. Lembre-se de que tudo oferece vantagens e desvantagens. Por isso, a principal dica a ser seguida é definir quais são os planos a partir dos investimentos.

2. Casa própria

Uma alternativa muito comum usada para quem tem acesso ao dinheiro do FGTS é a aquisição de um imóvel. Caso seja o seu primeiro imóvel, é importante estar atento às regras estipuladas pela Caixa Econômica Federal quanto ao uso do crédito, pois uma delas diz que será preciso residir no imóvel financiado, por exemplo.

O FGTS poderá ser disponibilizado tanto para a compra de uma casa, quanto para uma reforma, com a opção de ser parte do pagamento ou o valor total. Para essa finalidade, a Caixa facilita a liberação do valor, pois basta que o trabalhador vá até uma agência com a documentação necessária.

Lembrando também que, caso você já tenha um imóvel quitado, uma alternativa interessante é financiar um melhor e fazer da primeira opção uma fonte de rendas através de alugueis. Esse, aliás, é um dos tipos de investimento preferidos entre os brasileiros, pela segurança e facilidade que proporciona.

3. Novo empreendimento

Uma matéria sobre investimentos não poderia deixar de citar os benefícios de se ter um negócio próprio. Apostar no empreendedorismo continua valendo a pena, especialmente se você focar no crescimento da empresa a médio e longo prazo.

A abertura de franquias se enquadra nessa categoria e, por ser um negócio consolidado, é o modelo perfeito para o novo empresário. Entre as vantagens oferecidas pelas franquias estão assistência e suporte especializado ao franqueado, modelo de negócios e plano de expansão já definidos e, normalmente, uma marca já consagrada.

Ou seja, já existe um time por trás da rede de franquias cuidando do planejamento diário do negócio. Com isso, sua função como franqueado será a de se inteirar dos valores da empresa, aprender com os treinamentos oferecidos e estar 100% presente em todas as etapas da implantação do projeto, como avaliação de custos e até mesmo no dia a dia da empresa.

Ficou interessado em alguma dessas dicas sobre onde investir o FGTS? Aproveite para entrar em contato com a Jumper, pois temos uma ótima solução de investimento para você!

1
/*maps*/